Home // Especialistas discutem megatendências na área da segurança e defesa
Especialistas discutem megatendências na área da segurança e defesa
08 Abr 24 —

À luz das nove megatendências identificadas na publicação da RePLAN – “Megatendências 2050. O mundo em mudança: impactos em Portugal, uma breve introdução” – recentemente divulgado, realizou-se nos dias 26 e 27 de março, o workshop “Megatendências para Portugal na Ótica da Segurança e Defesa”. Tendo lugar no Instituto da Defesa Nacional em Lisboa (IDN), o encontro reuniu especialistas que analisaram e debateram as megatendências que moldam o futuro de Portugal no contexto da segurança e defesa, procurando soluções para os desafios emergentes.

No primeiro dia, após a sessão de abertura pela Diretora do IDN, Isabel Ferreira Nunes, o Major-General Lemos Pires, o Secretário-Geral do Ambiente Marco Rebelo e o Diretor do PlanAPP Paulo Areosa Feio, o evento começou com o Painel 1, abordando as megatendências do “Agravamento das alterações climáticas” e da “Pressão crescente sobre os recursos naturais”. O Coronel Carlos Coutinho Rodrigues e o Prof. Filipe Duarte Santos foram os palestrantes, tendo abordado algumas das consequências das alterações climáticas e os seus impactos em questões de soberania e segurança das populações.

Em seguida, o Painel 2 explorou as megatendências das “Evoluções demográficas divergentes” e de “Um mundo mais urbano”, com contribuições da Prof. Ana Romão e do Prof. Jorge Malheiros em que foram abordadas questões de mitigação e adaptação à dinâmica de despovoamento do interior assim como o envelhecimento da Europa, a explosão populacional nas regiões circundantes (África e Médio Oriente) e os riscos e oportunidades que daí podem resultar.

No segundo dia, o Painel 3 concentrou-se nas megatendências “Um mundo mais digital” e “Aceleração do desenvolvimento tecnológico”. O Brigadeiro-general Viegas Nunes abordou na sua intervenção alguns impactos do desenvolvimento tecnológico na defesa perante amaças híbridas e na própria condução da guerra. Os Professores Luís Antunes (FCUP) e Arlindo Oliveira (IST) abordaram as questões do desenvolvimento de tecnologias como a computação quântica e a inteligência artificial.

Após uma pausa para café, o Painel 4 abordou as megatendências “Um mundo multipolar”, “Novos desafios à democracia” e “Diversificação e mudança dos modelos económicos”, com intervenções de António Costa Pinto, José Manuel Félix Ribeiro e Bernardo Pires de Lima, que discutiram as consequências políticas e económicas de um mundo cada vez mais fragmentado em grandes blocos.

O evento encerrou com a intervenção da Prof. Isabel Ferreira Nunes, destacando a importância das discussões realizadas e a necessidade de políticas eficazes para lidar com os desafios identificados.

Durante 2024, serão realizados mais workshops, consultas de especialistas e iniciativas de participação pública para aprofundar a análise das megatendências com vista à elaboração do relatório final, ainda este ano.

Loading...